Degeneração Macular Relacionada à Idade

“A doença é considerada uma das principais causas da cegueira em pessoas com mais de 50 anos.”
A região central da retina, conhecida como mácula, é aonde esta doença se manifesta. A Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI) aparece com o avanço da idade do paciente, geralmente a partir dos 50 anos, e pode ser de dois tipos: seca e úmida. A maioria dos casos, entre 85% e 90%, é de DMRI seca com a formação de pequenos depósitos amarelados, denominados drusas, que torna a mácula mais fina e ressecada. Já a DMRI úmida possui um diagnóstico mais complexo que pode ocasionar, inclusive, o sangramento na retina e causar o quadro de cegueira irreversível.
O tratamento da doença parte do mais simples, como o uso de doses diárias de substâncias antioxidantes (vitaminas via oral associada a dieta rica em vegetais verdes escuros, frutas amarelas e peixes de água fria), até a aplicação intra ocular de medicamentos como Avastin (Bevacizumabe), Lucentis (Ranibizumabe) e Elya (Aflibercept) para os casos da DMRI úmida. O importante é o diagnóstico precoce, e se necessário, iniciar o tratamento imediatamente para preservar a forma seca e até mesmo recuperação visual no forma úmida após as injeções intraoculares.
A melhor forma de prevenir a DMRI é manter uma rotina saudável, que inclui alimentação adequada com o consumo de vegetais e folhas verdes, a prática de exercícios e evitar o fumo. Além disso, prevenir-se dos raios ultravioletas com o uso de lentes ou óculos escuros.


© 2016 Instituto de Oftalmologia de Araucária - Todos os direitos reservados